Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: chris ware (Página 1 de 2)

Nova HQ de Chris Ware será publicada pelo jornal The Guardian

The-Last-Saturday-1

O novo trabalho do quadrinista , um dos nomes mais cultuados atualmente, vai sair semanalmente no jornal inglês The Guardian. já teve o primeiro capítulo divulgado.

A história acompanha a vida de seis personagens em uma cidade de Michigan, nos EUA. [Via Omelete]

Chris Ware, dia das mães e o casamento gay na New Yorker

CWareDiadasMães-594x810

Um dos maiores nomes dos quadrinhos hoje, assina a capa sobre o dia das mães para a revista americana . O desenho traz um claro apoio ao casamento igualitário ao mostrar duas mães casadas com seus filhos.

Ware também fez um texto explicando a arte e também comentando o casamento , assunto urgente da maioria dos países hoje, sobretudo nos EUA. Vi no Vitralizado.

Nova HQ de Chris Ware é a melhor de 2012 segundo a Amazon

Saiu uma das listas mais aguardadas do ano para quem é fã de quadrinhos: as melhores HQs da Amazon. Quem ficou em primeiro foi , que está chamando atenção do mundo inteiro com Building Stories. Quando ninguém achava que ele conseguiria se superar, ele chega com essa obra que traz o velho sarcasmo do autor para falar sobre temas existenciais. Tudo com o traço leve e o cuidadoso design nas páginas que já é sua marca registrada.

Veja a lista completa abaixo.

Building Stories de Chris Ware

2- Darth Vader and Son (Star Wars (Chronicle)) de Jeffrey Brown

3-Saga, Vol. 1 de Brian K. Vaughan and Fiona Staples

4-The Hive de Charles Burns

5-Prophet, Vol. 1: Remission de Simon Roy, Farel Dalrymple, Giannis Milogiannis and Brandon Graham

6- Swamp Thing Vol. 1: Raise Them Bones (The New 52) de Scott Snyder and Yanick Paquette

7-The Underwater Welder de Jeff Lemire

8- Wonder Woman Vol. 1: Blood (The New 52) de Brian Azzarello and Cliff Chiang

9- Creepy Presents Richard Corben de Various Author, Bruce Jones, Doug Moench and Richard Corben

10- Avengers: The Children’s Crusade de Allan Heinberg, Olivier Coipel, Jim Cheung and Alan Davis

Uma conversa com Chris Ware

Um dos artistas mais importantes dos quadrinhos, (Jimmy Corrigan) abriu as portas de sua biblioteca particular para falar sobre seu trabalho e sua influência nas HQs. Curiosidade que mais ficou na minha cabeça: ele demora até uma semana para finalizar uma única página de desenho. A entrevista foi para o FearNoArt Chigaco.

Retalhos e mais novidades em hq’s


, com tradução do Erico Assis no Omelete, é destaque entre os lançamentos.

Para quem gosta de quadrinhos, este final do mês de maio representa um adicional de ansiedade e um desejo de retomada do bom momento que o mercado nacional vinha vivenciando desde o ano passado.

O esperado selo da Companhia das Letras, a Quadrinhos na Cia colocou hoje à venda os primeiros quatro volumes. A Conrad também voltou às prateleiras, com novas HQ’s de Manara e inédito de André Toral. E tem a Panini, com o anúncio de mais boas séries em livrarias, como Eu Sou Legião, desenhada por . #momentootimista.

Ontem chegou à redação Três Dedos, de Rich Koslowski. A resenha entra na edição de segunda da Revista O Grito!. Voltando à Cia das Letras, seu principal destaque é mesmo Blankets, que aqui ganhou a tradução de Retalhos. Trata-se da obra maior de e num futuro próximo será considerada uma das mais importantes obras da literatura desta década. Assim como Jimmy Corrigan, do – que também sairá no Brasil, encontrei Blankets num sebo em Recife, mas agora dá muito gosto ver a edição nacional.

Mais motivos para ânsia? Cachalote, de Daniel Galera e Rafael Coutinho será lançada em agosto. Até lá, o hype vai crescendo sem cabresto.

A saber, a lista das novidades:

O Chinês Americano, de Gene Luen Yang
[Cia das Letras, 240 páginas coloridas, R$ 47,50]. Uma das graphic novels mais elogiadas em tempos recentes, já estava nas prateleiras brasileiras em inglês, desde 2007

Retalhos, de Craig Thompson
[Cia das Letras, 590 págs p&b, R$ 49]

Jubiabá, a adaptação da obra de Jorge Amado por Spacca
[Cia das Letras, 80 págs coloridas, R$ 33]. Segundo a editora, o artista já está trabalhando em novas obras. Spacca sempre foi bem quisto pela editora, claro que estaria neste novo projeto.

Nova York: A Grande Cidade
[Cia das Letras, 430 págs, R$ 55] Reúne quatro álbuns de Will Eisner: Nova York, O Edifício (já publicados no Brasil, mas esgotados), City People Notebook e Invisible People (inéditos). De extras, ainda traz desenho inédito de São Paulo por Eisner e uma introdução de Neil Gaiman.

Três Dedos: Um Escândalo Animado, de Rich Koslowski
[Gal, 144 págs, R$ 39,90] Conta a história em tom ficcional de Mickey Mouse e seu criador. Vencedor do prêmio Ignatz, era muito aguardada desde seu anúncio ano passado.

Homem Sem Medo, de Frank Miller e Jonh Romita Jr
[Panini, preço e nº de págs não informados] Série que revitalizou o herói, fez muito sucesso à época de seu lançamento e teve duas re-edições pela Abril. É uma das obras mais importantes de Miller e conta a origem do Demolidor.

: Descanse em Paz, de
[Panini, 100 págs, R$ 7,50] Esperada série onde o polêmico escritor escocês irá mandar o morcegão desta para melhor. A editora anunciou a estreia para a edição 80, mês que vem.

Outros títulos estão no gatilho, mas sabe-se apenas que sairão “este ano”. Conforme mais certezas forem chegando, comento por aqui.

Página 1 de 2

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019