Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Mês: março 2015

Blog Lady’s Comics lança banco de dados de mulheres quadrinistas

bamq

O Lady’s Comics, blog brasileiro dedicado à presença feminina nos quadrinhos, acaba de divulgar o BAMQ, um banco de dados inédito sobre mulheres quadrinistas.

O banco é uma vitrine importante para o trabalho das mulheres nas HQs brasileiras. O projeto começou esta semana e ainda deve crescer bastante. Para participar basta se registrar.

“Não sabemos se podemos afirmar que o banco mudará como as quadrinistas são vistas, mas sem dúvida é um caminho que começamos a trilhar. Não caminharemos sozinhas. Sem você produzindo, não há ‘nós’. Por isso, é mais que importante ter o nome das mulheres que fazem quadrinhos neste banco e mostrar que somos muitas”, dizem as meninas do Lady’s Comics. Vida longa ao BAMQ.

“Massive”: Livro mostra o mundo desconhecido do mangá erótico gay

manga22

O mundo do mangá japonês gay erótico é hipermásculo, lascivo, exagerado e muito, muito pouco conhecido. A importância desse trabalho veio à superfície pela extensa pesquisa dos norte-americanos Anne Ishii e Graham Kolbeins, que lançam no exterior Massive: Gay Erotic Manga and the Men Who Make It.

A obra faz um panorama da produção gay no mangá a partir do trabalho de nove artistas que se dedicaram a criar obras para o público gay japonês. Seizoh Ebisubashi, Kazuhide Ichikawa, são alguns dos nomes presentes no livro, que sai pela Fantagraphics.

Massive é indispensável para quem é pesquisador do mangá, mas também para quem curte descobrir artistas militantes do underground na arte dos quadrinhos. O livro tem 280 páginas e custa 35 dólares (pode ser encomendado para o Brasil).

Online: Judite, uma HQ bíblica e intergaláctica

judite2

A quadrinista Raquel Vitorelo, autora das ilustrações Coisa de Mulher, sobre mulheres e seus feitos históricos, e do documentário Mulheres Desenhadas, anuncia uma nova empreitada. Trata-se de Judith, personagem bíblica que ganha uma releitura intergaláctica, mas preservando o texto da Bíblia, aqui em trechos literalmente recortados.

A HQ é publicada no Tumblr toda semana.

“A inspiração da obra surgiu quando conheci o trabalho da artista Artemisia Gentileschi, pintora do barroco italiano. Um de seus quadros mais conhecidos é “Judite decapitando Holofernes”, no qual ela se autorretratou como Judite, e no lugar de Holofernes pintou o homem que a abusou e saiu impune”, disse, por e-mail. Vale a pena a leitura.

judite

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2017