Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Alison Bechdel vence o prestigiado prêmio da Fundação McArthur

alison_bechdel1

A quadrinista recebeu o prêmio anual da Fundação McArthur destinado a intelectuais e pensadores que de alguma forma usem sua genialidade para propor novos olhares e instiguem pessoas a desenvolverem seus talentos.

O trabalho autobiográfico de Bechdel, que explora as complexidades das relações familiares em narrativas sofisticadas em quadrinhos foi citado como uma das razões para o prêmio. Disse também que ela se tornou uma voz influente na cultura e política ao levantar temas sobre mulheres lésbicas em sua tira Dykes To Watch Out For (1983 – 2008).

bechdelfunhome189detail

Além da honraria, que já é incrível, a Fundação ainda entrega um prêmio de 625 mil dólares, pagos em parcelas semestrais durante os próximos cinco anos. A ideia é possibilitar meios para que os vencedores sigam com o trabalho de “influenciar a criatividade e inclinações profissionais das pessoas”.

Antes de Bechdel, o cartunista Ben Katchor foi o vencedor da edição de 2000.

Os dois trabalhos autobiográficos mais conhecidos de Bechdel foram publicados no Brasil, Fun Home (pela Conrad) e Você É A Minha Mãe?, pela Companhia das Letras. Um musical da Broadway do primeiro está sendo produzido. [Via TheBeat]

Comentários

Anteriores

Nova HQ de Chris Ware será publicada pelo jornal The Guardian

Próximo

Ocupação Laerte em São Paulo reúne obra e militância da cartunista

1 Comentário

  1. magnificent publish, very informative. I’m wondering why the opposite specialists of this sector do not realize this. You must proceed your writing. I’m sure, you’ve a huge readers’ base already!

Os comentários estão desativados.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019