cedraz

Morreu nesta quinta (11) o cartunista baiano Antônio Cedraz, criador da , aos 69 anos. Ele travava uma longa batalha contra um câncer de intestino e chegou a ser internado no último dia 3 em estado grave, mas não resistiu.

Ele publicou diversos trabalhos em jornais baianos, mas ficou conhecido pela HQ Turma do Xaxado, que utilizava elementos regionais com uma linguagem pop e infanto-juvenil. As histórias saíram por diversas editoras, entre elas a Escala, HQM e chegaram a ser publicadas no site Universo HQ.

Ele venceu diversos prêmios, como seis HQ Mix e o Ângelo Agostini na categoria Mestre do Quadrinho Nacional.

Cedraz será um dos homenageados da próxima edição do Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), em Belo Horizonte, que será realizado em novembro de 2015. A Fundação Municipal de Cultura, que organiza o evento, divulgou uma nota oficial.

“É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento do grande mestre Antônio Cedraz, homenageado do FIQ 2015. O Brasil perde um grande artista, um lutador que sempre acreditou em seu sonho, em seu trabalho, e batalhou muito pelo quadrinho brasileiro. Um abraço bem forte, em nome da Fundação Municipal de Cultura e toda a equipe do FIQ, para seus familiares e amigos que estiveram junto dele nestes últimos anos, apoiando e sendo seu esteio na sua luta contra a doença. Esperamos honrar sua vida e obra, fazendo um festival que, além das homenagens, possa disseminar sua importante contribuição aos quadrinhos.”

Turma-do-Xaxado