SPIDERWOMAN001Manara-06299-600x853

O desenhista italiano Milo Manara está causando polêmica mais uma vez. Tudo por causa de uma capa variante da HQ da . Em uma pose estranha e exageradamente sensualizada, o que levantou novamente o debate da objetificação feminina nos quadrinhos.

Manara é conhecido por esse estilo hiper-sexualizado. Ele possui obras clássicas do quadrinho erótico, como O Clic e O Perfume Invisível, em geral com um traço delicado e uma narrativa envolvente, bem amarrada. No entanto, suas participações no mercado de quadrinhos dos EUA, em geral, são desastrosas.

X-Men – Garotas em Fuga, lançado por aqui pela Panini e escrita por Chris Claremont, é tido como um dos piores trabalhos de Manara. Agora, com essa capa de Mulher-Aranha, ele ganha mais uma obra “menor” no currículo. Além de Manara, a nova revista da personagem ainda tem capa variante de Skootie Young e Siya Oyum.

Sobre esse tema indico duas colunas de Dandara Palankof na Revista O Grito!: “Super-herói é coisa de menina” e “Leitores machistas, parem de ler HQs“.

Spider-Woman terá de roteiro de Dennis Hopeless e arte de Greg Land, que também assina capas. O primeiro número chega em novembro. [Via UniversoMarvel616]