Alan Moore cria plataforma de quadrinhos digitais

alanmoore

O escritor anunciou uma plataforma de código aberto de quadrinhos. Chamado de Electricomics, servirá para que autores possam publicar HQs digitais e também organizar antologias e coletâneas. O anúncio foi feito nessa quarta (28) ao lado de sua filha, Leah Moore.

A vai tanto servir para quadrinistas independentes quanto para veteranos. Segundo Moore, Garth Ennis e Peter Snejbjerg irão lançar pela plataforma a HQ Red Horse, que se passa na Primeira Guerra Mundial. Já Peter Hogan prepara uma obra de horror chamado Cabaret Amygdala. Leah e John Reppion fazem a história de viagem de tempo Sway.

watchmen

Ele deu poucos detalhes de como esse aplicativo em código aberto vai funcionar, mas divulgou o seguinte comunicado, que entrega um pouco do que ele pretende com a novidade:

“Ao invés de simplesmente transferir a narrativa dos quadrinhos da página para a tela, temos a intenção de criar histórias expressamente concebidas com o intuito de testar os limites de contar histórias desta tecnologia sem precedentes. Para isso estamos montando equipes com os criadores mais inovadores na indústria e, em seguida, permitindo-lhes a entrada nos processos técnicos, a fim de criar uma nova capacidade de contar histórias em quadrinhos.

Será, então, disponibilizado gratuitamente para todo e qualquer talento emergente que está, sem dúvida, lá fora, apenas esperando para ter acesso ao kit de ferramentas técnicas que lhes permitirá criar os quadrinhos do futuro.”

A Electricomics será mantida pela Orphans of the Storm, produtora de Moore junto com Mitch Jenkins. O investimento para a criação veio do Digital R&D Fund for the Arts e o app está sendo desenvolvido pela empresa Ocasta.

electricomics-630x634

Comentários

Leia Mais
Revista Animal na íntegra para download