Neste último sábado (15), aconteceu mais uma edição da festa Hola, Que Tal?, no Cobogó Discotheque, no Espinheiro, Recife. Apesar de um problema técnico no som no início da festa (acontece…), esta terceira edição foi um sucesso. Depois de meses de espera, o comeback valeu a pena e cumpriu a proposta: música pop até amanhecer o dia.

Os DJs Schneider Carpeggiani, Thiago Soares, Gilberto Tenório e Viviane Menezes (Dejavu), trouxeram novidades como a música nova de Kyllie Minogue, músicas de Beyoncé, Lady Gaga, Annie, Fever Ray e desenterraram hits antigos de George Michael, Thalia, Black Eyed Peas e Shakira.

Como é de praxe, confiram a cobertura de quem apareceu por lá. Destaque para a sessão de fotos #banheirão, nosso espaço VIP, em fotos desde já históricas.

Hasta próxima festa.

Isolamento acústico do Cobogó fazia com que o som não reverberasse tanto lá fora. Após subir as escadas, o batidão fervia.

Fernando de Albuquerque nos minutos finais da festa, ao som de rock sueco e “Amando-te”, de Thalia.

Detalhe de uma das portas do banheiro, que estava forrado com cartazes de festas antigas.

Detalhe da camisa deste editor que vos fala, com um Bowie pintado por Marília Floro como presente de aniversário de outra pessoa. É uma camisa vintage, portanto.

César Mafra, o designer que fez a arte do cartaz da festa e de muitos outros projetos da Revista O Grito! e sua namorada Érika Ramona, designer do Jornal do Commercio. Amor em curvas.

Zé Luiz Vieira, owner do Cobogó. Na foto, não dá pra ver sua bermudinha new-rave.

Rafael Dias, ex-editor da Revista O Grito! e Talles Colatino, nosso atual homem da TV.

Uma diva chamada Sulamita.

Primeira foto da Banheirão Sessions, com Hugo Harten.

Os DJs Thiago Soares, Schneider, que tocam juntos, e Gustavo Belarmino.

Viviane Menezes, que segurou a onda no início da festa, no fatídico problema técnico do som. Mandou bem no revival que fez do pop. Rolou o Shalamar, prometido?

Rafael Pimenta e Gustavo Belarmino no bar.

Fernando de Albuquerque e Delany Meira.

Schneider e Thiago.

Mais um momento de Viviane Menezes.

Fernando de Albuquerque produzindo.

O jornalista-crítico-cineasta, Luís Fernando Moura, flagrado.

Visão geral e borrado da festa.

Sergio Souza Costa no escuro.

Rafaella Soares, repórter e hostess.

O DJ Gilberto Tenório momentos antes de entrar nas picapes.

Pra fechar, a então desconhecida tatuagem de Delany Star.