Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Data: 29 de agosto de 2008

Mickey e o inferno astral da Disney

Pouco discutido aqui no Brasil, mas uma dor de cabeça para a poderosa americana: pode estar com os direitos de imagem em domínio público.

Tudo por conta do ex-funcionário Gregory S. Brown que descobriu que os créditos de copyright do primeiro filme Steamboat Willie (de 1920), eram falhos. Então, esse personagem mais primitivo já estaria disponível para uso universal pelas leis vigentes.

O LA Times explica mais a história. Desnecessário dizer que a Disney mobilizou seus advogados para reaver os direitos, mas é provável que perca a causa. O Terron disse que isso já aconteceu antes.

Confira um trecho do filme que deu o pontapé nessa discórdia.

A imagem acima é da Pam Glew

Mutarelli@Recife

Lourenço Mutarelli, um dos mais celebrados autores de quadrinhos nacionais está no Recife para participar do Festival Recifense de Literatura. Atualmente apenas se dedicando à Literatura, ele lança por aqui seu novo livro, A Arte de Produzir Efeito Sem Causa, o primeiro por sua nova casa, a Companhia das Letras.

Amanhã, na Livraria Cultura, Mutarelli participa do debate Quadro a Quadro, com a participação de João Lin e Artur Rogério (do NósPós).

A foto e informações são dicas do amigo André Dib.

Bat-Queda

Já chegou na Comix o encadernado : Queda do Morcego, uma das histórias mais importantes do Homem-Morcego. Essa pegou todos de surpresa, até mesmo pelo preço. A Panini lança a saga em três volumes.

Por pouco, não compro na Rika a saga completa em formatinho, por pouco mais de R$ 60. Quem viveu os 90 lembra: esta série mobilizou a Abril, que bombardeou todas as suas revistas com propaganda da Queda. Você podia ser um leitor fiel da Marvel, mas sabia que Batman estava se fodendo com todos seus vilões e, logo adiante, que ele ficou aleijado.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2019