iuri

O músico trafega em um caminho um tanto improvável, que é o samba psicodélico, mas vem se saindo bem com sua proposta de misturar os ritmos, ao lado de sua banda, A Torre. O novo álbum, Passeio, conta com um filme, gravado em junho deste ano no Sesc Nova Iguaçu.

O repertório traz músicas dos discos anteriores, Dita (2010) e Psychedelic Samba Homemade (2012/2013), além das coletâneas 1,2,3,4 – Ao Vivo no Valverde – Manifesto de Música Popular Fluminense e The Rough Guide to Psychedelic Samba. Com influências que vão dos mestres do tropicalismo e do movimento hippie dos anos 1960/70, passando por nomes como Devendra Banhart, Gorillaz e Vincent Moon, o trabalho de Iuri Andrade explora possibilidades de uma música pop brasileira.

O musico lançou o single “Clarice” no Soundcloud e o novo álbum pode ser ouvido nas plataformas de streaming. Já o filme será disponibilizado para exibições gratuitas em várias cidades do País.

Sem mais artigos