O artista Iagor Peres faz sua primeira exposição individual na Maumau, no Recife, após vencer o edital “Lançamento de Artista”.

A seleção para esta segunda edição do Edital Lançamento de Artista foi pautada em trabalhos que vislumbrassem possibilidades e experimentações estéticas, artísticas e políticas no campo da arte, conceitos chave na trajetória da Maumau. Iagor Peres, artista selecionado, tece, a partir do conceito “corpo-bomba”, relações entre este corpo artístico e o corpo histórico.

Atuando em espaços artísticos limítrofes, o artista integra o Coletivo Carne de Arte Negra. Iagor investe nas discussões acerca de um convívio, não apenas no espaço da arte, permeado de hostilidades históricas da população afrodescendente no Brasil.

A proposta “Estudos para minha Pele” investiga espaços pessoais que funcionam como marcadores identitários, nas palavras do artista são “Inservidões voluntárias. A exposição, que abre dia 07 de abril, traz uma série de “acontecimentos artísticos” em fotografia impressa, videoinstalação e resultados plásticos de experimentações e atos. Após a abertura, que conta com os processos de composição das obras, a cada ciclo de dois dias o artista realiza performances/ações que serão executadas num movimento gradual e continuo. Toda quarta e sábado, na busca de aprofundar esse estudo, Iagor modifica o espaço da galeria. O público é chamado a vivenciar e acompanhar essas novas configurações espaciais.

Em 2014, a Maumau lançou o seu primeiro edital voltado para artistas iniciantes – o Edital Lançamento de Artista- iniciativa pioneira no Estado, selecionou dois jovens artistas de Recife: Marie Carangi e Vitor Maciel. Num universo muitas vezes direcionado a galerias ou voltado a um mercado de arte colonizado e pouco acessível, o artista iniciante as vezes é esmagado por estas e outras imposições.

Lembrando que a exposição faz parte do projeto Maumau Laboratório- Ano II, concebido e coordenado pelas artistas Irma Brown e Lia Letícia, com produção executiva de Daniela Azevedo.

A Maumau fica na Rua Nicarágua, 173 Espinheiro.

Sem mais artigos