O desfile da Huis Clos, sempre um dos mais esperados da semana paulista de moda, dessa vez ganhou sabor de expectativa extra com a estréia de Sara Kawasaki na direção criativa da marca. Sara tornou-se uma espécie de braço-direito da estilista Clô Orozco, dona e fundadora da grife, que preferiu agora permanecer apenas na direção da empresa.

A coleção foi inspirada no trabalho da fotógrafa e ex-modelo Sarah Moon, que foi top nos anos 60 e, nos 70, resolveu usar a câmera para captar imagens muito poéticas, que falavam com grande sensibilidade das diversas nuances da natureza feminina, inclusive em seus momentos mais obscuros.

Dos trabalhos da artista, conhecidos por seu flerte com o expressionismo, a Huis Clos explorou os dramáticos contrastes de iluminação e sombreados, numa cartela bastante sóbria, em que o cinza e o preto se destacaram. Tons de amarelo e roxo apareceram aos poucos, ajudando a compor “patchworks” de estampas concretistas, em diferentes texturas.

Foto: Agência Fotosite

Sem mais artigos