Autor era um dos mais importante das HQs (Foto: Bleeding Cool)

O quadrinhista Harvey Pekar, criador de Anti-herói Americano (American Splendor), morreu nessa segunda (12), aos 70 anos. Ele foi encontrado morto em sua casa, em Cleveland (EUA), por sua esposa, Joyce Brabner. A causa do óbito não foi divulgado.

Sua obra mais conhecida, American Splendor, é inspirado em sua amizade com Robert Crumb e outras tiradas autobiográficas. Ao longo de trinta anos, a série teve participações especiais de nomes como Joe Sacco, Frank Stack e Crumb.

Em 2003, Paul Giamatti deu vida a Pekar no cinema. O autor lutava contra um câncer linfático, o que o levou a escrever uma obra The Cancer Year (Nosso ano do câncer, em tradução livre), inédito no país. Escrito em parceria com sua mulher, chegou a vencer o Harvey Awards, um dos mais importantes prêmios dos quadrinhos, ao lado de sua mulher.

Sem mais artigos