giallos

A banda Giallos lança o segundo trabalho, Amor Só De Mãe, inspirado em parte na atual turbulência política e social do Brasil. Nas letras estão críticas ao fundamentalismo religioso, o discurso do ódio e dificuldade em engolir a mentalidade do “bandido bom é bandido morto”. A produção foi de Lê Almeida.

Pensado para o formato k7, Amor Só De Mãe tem 30 minutos cravados e cinco faixas de cada lado. Punk na essência e lo-fi na estética, o álbum foi gravado ao vivo. Traz a mesma explosão blues que marcou a estreia do grupo.

““Amor Só De Mãe”, faixa-título e primeiro single lançado, é um atestado de que somos ludibriados o tempo todo pelo sistema religioso machista, o da salvação em troca de sangue, poder e dinheiro, nos fazendo esquecer que amor verdadeiro só tem uma fonte.”, diz o músico na apresentação do trabalho. O trabalho foi disponibilizado no Bandcamp.

Ouça:

Sem mais artigos