Malala quando foi capa da Time como uma das 100 pessoas mais influentes: nem um tiro na cabeça a calou (Divulgação)

Malala quando foi capa da Time como uma das 100 pessoas mais influentes: nem um tiro na cabeça a calou (Divulgação)

Malala Yousafzai deixou todo mundo com um nó na garganta no discurso que ela fez semana na ONU, em Nova York, para uma plateia formada por lideranças jovens do mundo todo. A garota de 16 anos é um ícone pelo direito das mulheres e chamou atenção do planeta ao levar um tiro de talibãs apenas por ter ido à escola. Agora sua história vai se transformar em um documentário dirigido por Davis Guggenheim.

Guggenheim é um dos mais aclamados diretores de documentários nos dias de hoje. Tem no currículo apenas dois clássicos recentes, Waiting For Superman e Uma Verdade Inconveniente, este último vencedor do Oscar em 2007. A confirmação de sua participação no filme sobre Malala foi dada pelo Hollywood Reporter.

Malala ficou conhecida por manter um blog em que contava o cotidiano em Swat, uma região do Paquistão onde o Talibã proibia as garotas de frequentarem a escola. Os posts eram anônimos, mas Malala acabou se transformando em uma voz importante na luta contra a discriminação na região. Chegou a ser indicada para o prêmio internacional Children’s Peace Prize em 2011. Foi também a mais jovem pessoa a ser indicada para o Nobel da Paz.

O lado mais triste da história aconteceu em outubro de 2012. Ela estava em um ônibus escolar onde iria para mais um dia de aula quando um atirador entrou no veículo, a procurou e atirou. A bala entrou pela cabeça de Malala, passou pelo pescoço e se alojou no ombro. A garota precisou ir até o Reino Unido para poder se salvar.

O documentário está sendo feito pela Image nation e não tem data prevista de estreia. Malala ainda fechou um acordo para um livro sobre sua vida, I Am Malala, que sai ainda este ano nos EUA.

Sem mais artigos