Galo este ano está todo trabalhado no metal e no reciclado (Foto: Ivanildo Frencisco/Divulgação)

Já chamaram o Galo da Madrugada este ano de tudo: travesti, ganguru perneta, pintoso. Amanhã, o maior bloco de carnaval do mundo, espera receber seu maior público: mais de 1,5 milhão de pessoas no centro do Recife. A apoteose pega fogo por volta das 10h da manhã, mas a festa começa mesmo cedo,fazendo jus ao nome. Às 6h, os desfiles já estão prontos para começar e novidades este ano chama atenção.

A primeira é um galo de 22 metros de altura que irá desfilar, fazendo “parea” com o galo gigante instalado na ponte Duarte Coelho, na Boa Vista. Este galo alegórico irá cacarejar, girar a cabeça poltergaisticamente em 360º, bater as asas e cantar. É uma inovação de um bloco que a cada ano, todos sabe exatamente o que irá acontecer.

O galo deste ano mede 27 anos, quatro a mais que o ano passado. Sua estrutura é composta de 1,5 mil placas metálicas, feitas pelo artista plástico Sávio Araújo. Ele também utilizou material reciclável como resina e borracha. É uma proposta mais luxuosa que o ano passado, mas gerou opiniões diversas. Mas foi aprovada pelo prefeito, como anunciou em nota oficial. “O galo merecia uma roupagem nova, mais audaciosa. Gostei muito”, disse João da Costa.

Sem mais artigos