A é um dos espaços de resistência artística no Recife e realiza exposições, oficinas, cursos e diversos outros eventos em um casarão no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife. Já foi a casa da Livrinho de Papel Finíssimo, residência de experimentações visuais, lar da Gráfica Lenta, além de cenário de nosso primeiro especial do Holofotes, estrelando a igualmente incrível Aninha Martins.

Mas por que o nome MauMau?? Agora, 10 anos depois de fundada, o mistério da casa está revelado. O nome, que é bem massa e apelativo à memória, se deve aos artistas e . Mau de Mauricio Castro, Mau de Mauricio Silva.

Mauricio Castro é um nome já conhecido de quem acompanha a MauMau. É fundador da Gráfica Lenta, ateliê aberto de gravura que ocupa o quintal do espaço. Já Mauricio Silva chega diretamente de Paris, com toda sua família.

Eles trarão seus novos trabalhos para o evento de comemoração dos 10 anos da MauMau, Castro com pinturas e Silva com colagens numa tiração de onda estilo ringue. Um ringue artístico.

A festa acontece quinta (25), de 19h com discotecagem de Nigian Cardoso com Rafaela Rafael e Lícia Jardim. A MauMau fica na Rua Nicarágua, 173 Espinheiro

Sem mais artigos