Cena de Vidas Ao Vento, lançado no ano passado. (Divulgação).

Cena de , lançado no ano passado. (Divulgação).

Estúdio ficou abalado com a aposentadoria do mestre e considera fechar as portas

Um dos maiores nomes na animação japonesa, o estúdio Ghibli, vem sendo alvo de diversos rumores desde o último final de semana. O produtor da casa Toshio Suzuki deu uma entrevista à TV japonesa comentando sobre o futuro do setor de animação. Com diversas traduções livres do japonês para diversas línguas, diversos sites e revistas concluíram que o estúdio estava fechando as portas.

Leia Mais
Critica: Miyazaki se despede com a obra-prima Vidas Ao Vento
O possível último filme do Studio Ghibli ganha trailer

Nessa segunda (4), Suzuki disse em um comunicado que o Ghibli, lar de clássicos de Hayao Miyazaki como A Viagem de Chihiro, estava passando por uma reformulação em seu setor de animações. Fatores econômicos seriam a principal causa da crise. E, sim, o fechamento dessa área de desenhos animados ainda é uma possibilidade. “Se você está se perguntando o que essas mudanças são… estamos pensando em desmantelá-lo [o estúdio] uma vez mais. É como uma grande limpeza”, citado pelo site Cinemaniax. “A aposentadoria de Miyazaki foi algo que muito impactante para nós. O que fazer com o Ghibli depois disso? Temporariamente, devemos fazer uma pausa e pensar sobre onde vamos a partir daqui.”

Miyazaki, vencedor do Oscar por A Viagem de Chihiro, anunciou sua aposentadoria no ano passado após lançar o excelente Vidas Ao Vento, que também recebeu uma indicação da Academia.

Enquanto analisa suas possibilidades para o futuro, o estúdio se prepara para lançar no mercado internacional o longa , de , tido como uma promessa dentro do Ghibli para substituir o mestre Miyazaki. O longa ainda não tem previsão de estrear no Brasil.

Por aqui, uma caixa com três longas do estúdio foi lançado meses atrás e traz clássicos como A Princesa Mononoke. A distribuidora Versátil anunciou um segundo volume, com os filmes em Blu-Ray O castelo no céu (1986), O serviço de entregas da Kiki (1989) e Porco Rosso (1992). Veja o trailer abaixo:

Sem mais artigos