Aroeira, da cia baiana Viladança, abre festival na próxima sexta

Saiu a programação oficial da sétima edição do Festival Brasileiro de Teatro (FTB) – Cena Baiana, etapa Pernambuco, que será realizado a partir da próxima sexta-feira (23) até o dia 15 de junho. E, ao que tudo indica, a Bahia vai mesmo tomar conta do Recife. Serão, ao todo, 20 apresentações, sendo sete espetáculos de dança e teatro, exibições do audiovisual baiano, além da série de oficinas em artes cênicas e produção cultural e shows musicais em diversos locais da cidade. A lista foi divulgada agora à tarde, em entrevista coletiva para imprensa.

A maratona será aberta nesta sexta, às 20h, no Teatro Apolo, com a peça Aroeira, da cia Viladança. O espetáculo da renomada cia de dança baiana contemporânea, liderada pela bailarina e coreógrafa Cristina Castro, é inspirado em trilha inédita de Milton Nascimento, guardada a sete-chaves há 15 anos. No palco, apreensões da memória e sensações afetivas, numa linguagem híbrida de teatro-dança-vídeo. É a primeira vez que a montagem sai do tradicional teatro Vila Velha, centro de Salvador, sede do grupo, onde já cumpriu três temporadas. Da mesma companhia, será apresentado o espetáculo de dança infantil, Da ponta da língua à ponta do pé, neste sábado, às 16h, também no Apolo.

Ainda se destacam as peças Ó pai, ó!, do Bando de Teatro de Olodum, que originou recentemente o filme homônimo de Monique Gardenberg; R$ 1,99, comédia satírica produzida, dirigida e protagonizada pelo ator Ricardo Castro, que vem causando zum-zum-zum por onde passa (São Paulo, Brasília, Curitiba); e o ácido Shopping and fucking, montagem adaptada do texto do dramaturgo inglês Mark Ravenhill, sucesso no Exterior desde sua primeira versão no Royal Court, em Londres (1996). O evento movimentará os palcos do Apolo, Hermilo, Santa Isabel, Parque e Armazém, além da Refinaria Cultural Nascedouro de Peixinhos. Nesta, as atividades serão gratuitas.

Segundo a organização, o principal objetivo do festival é estreitar o intercâmbio entre as artes cênicas de vários estados do país, promovendo trocas e aproximações, neste caso entre Bahia e Pernambuco. “A idéia é criar ações que possam fortificar os elos entre as duas culturas que se aproximam”, explica o coordenador do projeto, Sérgio Bacelar. A expectativa da produção é de que circule ao longo do festival cerca de 13 mil pessoas.

A curadoria do festival tem assinatura dupla dos críticos de teatro Guilherme Silva Filho e Sérgio Maggio (subeditor de Cultura do Correio Braziliense). Além das peças, haverá sessões de filmes da safra baiana, de diretores como Edgard Navarro e José Araripe Junior. Neste domingo (25), o multi-instrumentista Naná Vasconcelos e a cantora baiana Virgínia Rodrigues fazem uma apresentação aberta ao público no Pátio de São Pedro, às 21h.

O FTB é uma realização da Alecrim Produções Artísticas, com patrocínio do Fundo de Cultura da Bahia, Secretaria de Cultura, Secretaria da Fazenda e Governo da Bahia, Fundarpe, Secretaria de Educação, Governo do Estado de Pernambuco, Caixa Econômica Federal, Petrobrás e co-patrocínio da Prefeitura da Cidade do Recife, por meio da Secretaria de Cultura, Copergás ,Secretaria de Ciência Tecnologia e Meio Ambiente, do Governo do Estado de Pernambuco.

Histórico – O Festival do Teatro Brasileiro (FTB) começou em 1999 ainda sob o nome de Mostra de Teatro da Bahia. A partir de 2001, é que passou a se chamar como é hoje. Entre os destaques dessas primeiras edições, participaram o então promissor ator Wagner Moura, Rita Assemany, com o espetáculo Oficina Condensada; e Nilda Spencer – grande nome do teatro brasileiro.

Em 2003, foi a vez do FTB – Cena Pernambucana, etapa Brasília, com a apresentação de sete espetáculos. Dois anos depois, o evento levou a Cena Mineira para o Distrito Federal. A primeira vez que o projeto cruza o Distrito Federal foi ano passado, com o FTB – Cena Mineira no Rio de Janeiro.

Os ingressos (R$ 5, estudantes e R$ 10, público geral) para todos os espetáculos do FTB – Etapa Pernambuco estarão à venda a partir do dia 22, das 12h às 20h. Informações: (81) 3082.4871. As oficinas já estão com vagas abertas e estão sendo feitas no prédio do Sated Pernambuco –Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (Rua Floriano Peixoto s/n- Casa da Cultura-Raio Oeste – 2º Pavimento – salas 308/309 – São José – Centro – fone: 3424-3133). Mais informações no site aqui
.

Confira abaixo a programação completa.

Festival do Teatro Brasileiro – Cena Baiana – Etapa Pernambuco

Programação

Maio
23/05 – sexta-feira

20h – Aroeira
Local – Teatro Apolo
Espetáculo aconselhado para maiores de 14 anos
Tempo de duração – 60 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

24/05 – sábado

16h – Da Ponta da Língua à Ponta do Pé
Local – Teatro Apolo
Espetáculo aconselhado para maiores de 6 anos
Tempo de duração – 60 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

20h – Aroeira
Espetáculo aconselhado para maiores de 14 anos
Tempo de duração – 60 minutos
Local – Teatro Apolo
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

25/05 – domingo

16h – Da Ponta da Língua à Ponta do Pé
Local – Teatro Apolo
Espetáculo aconselhado para maiores de 6 anos
Tempo de duração – 60 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

20h – Aroeira
Espetáculo aconselhado para maiores de 14 anos
Tempo de duração – 60 minutos
Local – Teatro Apolo
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

21h – Show de Nana Vasconcelos e Virgínia Rodrigues
Local – Pátio de São Pedro
Gratuito

30/05 – sexta-feira

20h – Estrelas do Orinoco
Local – Teatro Hermilo
Espetáculo aconselhado para maiores de 12 anos
Tempo de duração – 75 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

31/05 – sábado

20h – Estrelas do Orinoco
Local – Teatro Hermilo
Espetáculo aconselhado para maiores de 12 anos
Tempo de duração – 75 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

Junho

01/06 – domingo

20h – Estrelas do Orinoco
Local – Teatro Hermilo
Espetáculo aconselhado para maiores de 12 anos
Tempo de duração – 75 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

02/06 – segunda-feira

Exibição de longas-metragens baianos
14h – Samba Riachão
Direção de Jorge Alfredo
16h – Eu Me Lembro
Direção de Edgard Navarro
Local – Teatro do Parque
R$ 1 – valor único

20h – R$ 1,99
Local – Teatro do Parque
Espetáculo aconselhado para maiores de 16 anos
Tempo de duração – 70 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

03/06 – terça-feira

Exibição de curtas e longas-metragens baianos
14h – Cidade das Mulheres
Direção de Lázaro Faria
16h – Esses Moços
Direção de José Araripe Junior
Local – Teatro do Parque
R$ 1 – valor único

20h – R$ 1,99
Local – Teatro do Parque
Espetáculo aconselhado para maiores de 16 anos
Tempo de duração – 70 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

04/06 – quarta-feira

Exibição de curtas e longas-metragens baianos
14h – Cidade das Mulheres
Direção de Lázaro Faria
16h – Esses Moços
Direção de José Araripe Junior
18h – Samba Riachão
Direção de Jorge Alfredo
20h – Eu Me Lembro
Direção de Edgard Navarro
Local – Teatro do Parque
R$ 1 – valor único

20h – Ó Pai Ó
Local – Teatro Santa Isabel
Espetáculo aconselhado para maiores de 16 anos
Tempo de duração – 90 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

05/06 – quinta-feira

20h – Ó Pai Ó
Local – Teatro Santa Isabel
Espetáculo aconselhado para maiores de 16 anos
Tempo de duração – 90 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

06/06 – sexta-feira
20h – Batata
Local – Nascedouro de Peixinhos
Espetáculo aconselhado para maiores de 14 anos
Tempo de duração – 50 minutos
Gratuito

07/06 – sábado
16 h – Chuá
Local – Nascedouro de Peixinhos
Espetáculo aconselhado para maiores de 5 anos
Tempo de duração – 50 minutos
Gratuito

20h – Batata
Local – Nascedouro de Peixinhos.
Espetáculo aconselhado para maiores de 14 anos
Tempo de duração – 50 minutos
Gratuito

08/06 – domingo

16 h – Chuá
Local – Nascedouro de Peixinhos.
Espetáculo aconselhado para maiores de 5 anos
Tempo de duração – 50 minutos
Gratuito

17h30 – Apresentação do resultado da oficina de construção de instrumentos e aprendizado de ritmos da cultura musical popular baiana

12/06 – quinta-feira

20 h – Deus Danado
Local – Armazém 14
Espetáculo aconselhado para maiores de 12 anos
Tempo de duração – 70 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

13/06 – sexta-feira

20 h – Deus Danado
Local – Armazém 14
Espetáculo aconselhado para maiores de 12 anos
Tempo de duração – 70 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

14/06- sábado

20 h – Shopping and Fucking
Local – Armazém 14
Espetáculo aconselhado para maiores de 18 anos
Tempo de duração – 100 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

15/06 – Domingo

20 h – Shopping and Fucking
Local – Armazém 14
Espetáculo aconselhado para maiores de 18 anos
Tempo de duração – 100 minutos
R$ 5 a meia-entrada e R$ 10 a inteira

Oficinas

Oficina de Dança Contemporânea com Cristina Castro para 20 dançarinos. De 20 a 23 de maio, das 15h às 17h. Carga horária de 3 horas por dia. Total de 12 horas de trabalho.
Gratuito.

Oficina Bando de Papel Pracatum – Instrumentos Re-Percussivos. A oficina de construção de instrumentos e introdução de ritmos da cultura popular musical com PARACATUM para 40 jovens em situação de vulnerabilidade (comunidade de Peixinhos). De 31 de maio a 08 de junho. Carga horária de 8 horas por dia. Total de 72 horas de trabalho. Local: Nascedouro de Peixinhos. Horário: 13h às 21h. Apresentação dia 8, 17h30. Gratuito.

Oficina de Criação Dramatúrgica com Cláudio Simões para 20 jovens dramaturgos. De 29/05 a 01/06 e de 12/06 a 15/06. Carga horária de 3 horas por dia. Total de 24 horas de trabalho. Gratuito.

Direção Teatral com Fernando Guerreiro para 07 jovens diretores e 21 atores. De 04 a 06 e de 11 a 13 de junho. Carga horária de 3 horas por dia. Total de 18 horas de trabalho. Gratuito.

Oficina de Mímica Corporal Dramática com Nadja Turenko para 20 atores, bailarinos e palhaços. De 02 a 05 de junho. Carga horária de 3 horas por dia. Total de 12 horas de trabalho. Gratuito. Local: Rua da União, 583 – Boa Vista (Pavilhão Marco Camarotti, que pertence ao Circo da Trindade – atrás do Colégio Ginásio Pernambucano. Penúltimo prédio antes da COMPESA). Das 14h às 17h.

Oficina de Produção para Projetos Culturais com Selma Santos para 20 produtores. De 10/06 a 13/06 com 3 horas de trabalho por dia. Total de 12 horas de trabalho. Gratuito.

Oficina de idealização e captação para projetos culturais com Sergio Bacelar para 20 profissionais. De 26 a 30 de maio com 3 horas de trabalho por dia. Total de 12 horas de trabalho. Gratuito. Local: Teatro Santa Isabel, das 14h às 18h.

Sem mais artigos