Foto: Glenio Campregher/Divulgação.

O Festival Internacional de Quadrinhos, o FIQ, vai mesmo acontecer este ano. Quem confirma é a Prefeitura de Belo Horizonte via Twitter e Facebook nesta quarta (12). Também hoje o prefeito Alexandre Kalil, em seu primeiro ano de mandato, disse ao jornal O Tempo que o evento irá acontecer e que o festival não está em risco. “Mas temos que arrumar o dinheiro”, disse.

O FIQ, ao lado de outros eventos da capital mineira, estavam sob ameaça de não receberem patrocínio da Fundação Municipal de Cultura. Em uma audiência pública na capital mineira o festival não teve seu aporte financeiro confirmado pela FMC. O fato gerou muita repercussão com manifestações de apoio ao FIQ.

O festival é maior evento do gênero no Brasil e recebeu mais de 70 mil pessoas em sua última edição, em 2013. Nesta edição o FIQ completará 20 anos.

“Não (estão em risco). Mas temos que arrumar o dinheiro. Isso é o dever do gestor público. Vamos ter a Virada, o Festival de Literatura, toda a programação cultural. Mas é dever do Estado arrumar o dinheiro. É claro que não vai faltar dinheiro. Vamos atrás da iniciativa privada, botar o prestígio pessoal do prefeito para não faltar nada. Temos ‘N’ maneiras de fazer, mas não podemos tirar dinheiro da saúde. O meu compromisso com o pessoal da cultura é não deixar faltar. Mas me deixem trabalhar para não deixar faltar. Se não cortar, não tem cultura”, disse Kalil.

Em nota, via Facebook, a prefeitura de BH disse que o orçamento da FMC está sendo revisto. “No momento, todo o orçamento da Fundação Municipal de Cultura está sendo revisto para que seja executado [sic.], de forma eficiente, toda a programação cultural da cidade”, diz o texto. Dada a proximidade do evento, que geralmente ocorre em novembro, é preocupante o impacto que essas mudanças possam ter na programação e estrutura. Mas a confirmação da edição deste ano já é um alento.

Até o momento a organização do FIQ não se pronunciou sobre o assunto.

https://twitter.com/prefeiturabh/status/852220813440950274/photo/1

Sem mais artigos