Um filme amador com a atriz Marilyn Monroe feito no set de Quanto Mais Quente Melhor foi descoberto na Austrália, quase 50 anos depois de rodado, e vai à leilão esta semana. O filme de 8mm e dois minutos e meio de duração mostra Monroe e o ator Tony Curtis, com quem contracenou em Quanto Mais Quente Melhor, no set, antes da filmagem de uma cena na praia em que a atriz brinca com uma bola para chamar a atenção do ator. As imagens, que também mostram o diretor Billy Wilder, foram feitas no início de 1959 por um oficial da Marinha americana que foi convidado a ir ao set depois de Monroe ter visitado sua base em San Diego.

Com a morte do oficial, o filme, ainda em sua caixa Kodak original, foi dado a sua filha, que vive em Melbourne, Austrália e decidiu colocá-lo à venda, achando que talvez tenha significado para o mundo do cinema. Já neste ano, um filme amador de 47 minutos de Monroe e Clark Gable no set de “Os Desajustados”, de 1961, foi vendido nos EUA por US$ 60 mil pela família de um ator que fez uma ponta em “Os Desajustados.”

Sem mais artigos