O Festival Recifense de Literatura começa dia 21 de agosto no Teatro de Santa Isabel, no Recife. Promovido pela Prefeitura do Recife, através da Gerência Operacional de Literatura e Editoração, o evento irá homenagear nesta edição os escritores Lucila Nogueira e Marco Polo. Ambos ganharam seleção de seus poemas reunidos em livros publicados pela Fundação de Cultura Cidade do Recife e que serão lançados durante o evento. O livro dedicado à obra de Lucila Nogueira – Não Demores Tanto – reúne poemas de amor e conta com apresentação do jornalista Schneider Carpeggiani; já o de Marco Polo – Oficina do Avesso – faz um apanhado do legado do autor, incluindo três poemas inéditos. A apresentação é da poetisa Cida Pedrosa.

Ainda na abertura, entrega do prêmio e recital com os ganhadores da sexta Recitata Jomard Muniz de Brito, cujas classificatórias acontecerão na rua da Moeda, nos dias 18 e 19 de agosto, às 18h, (primeira e segunda classificatória, respectivamente); e no dia 20 de agosto, às 18h, a finalíssima, no mesmo local. Para encerrar, uma espécie de jam session com músicas de Marco Polo na voz de Silvério Pessoa, Rogerman, Cannibal, Catarina Dee Jah, João Menelau (Semente de Vulcão), Natália Meira Lins (Dunas do Barato), Ylana Queiroga, Tagore e Almir de Oliveira e com a participação do próprio Marco Polo.

Sem mais artigos