A exposição Atelier Aberto: A Eduardo Souza (in memoriam) começa nesta sexta (27) no Museu Murillo la Greca, no . A ação homenageia o artista, pesquisador e agitador cultural Eduardo Souza, falecido ano passado, e apresenta uma culminância do Risco! Atelier Aberto, projeto de artes visuais desenvolvido nos últimos meses pelo grupo Risco! e incentivado pelo Funcultura.

Durante a abertura, haverá sessão de desenho de modelo vivo e conversa com os participantes da ação. O evento é gratuito e tem classificação livre.

A exposição contará com a exibição de desenhos, esculturas, livros e pinturas desenvolvidos ao longo das oito oficinas realizadas pelo Risco! Atelier Aberto. Também serão apresentados registros das ações e relatos dos participantes. “É um momento de celebrar o Risco!, compartilhar resultados e, especialmente, processos”, comenta Bruna Rafaella Ferrer, coordenadora-geral do projeto. Ao longo do mês, também serão realizadas sessões abertas de desenho de modelo vivo e debates no espaço expositivo.

O Risco! Atelier Aberto foi um projeto que ofertou oito formações gratuitas em artes visuais que tinham como eixo central a performática do corpo e o registro gráfico. As ações foram ministradas pelos artistas Demetrio Albuquerque, Heitor Dutra, Ianah Maia, Nathália Queiroz, Rinaldo Silva, Sabrina Carvalho, Valeria Rey Soto e Vi Brasil. “O projeto tem sido um sucesso e conseguiu reunir um público bastante heterogêneo. Tivemos participantes que eram artistas e tivemos participantes que nunca tinham trabalhado com desenho ou com prática de modelo vivo”, completa Bruna.

Foto: Mariana Queiroz.

A homenagem à Eduardo Souza se deve ao fato do artista ser o mentor do Risco!, além de ter sido muito importante para o cenário artístico da cidade. “Eduardo foi uma pessoa de energia criativa enorme, que formou muita gente. Era muito preocupado em pensar o fazer artístico para além da produção de uma obra, mas a partir de todos os agenciamentos necessários para tornar a obra pública: seja no ato expositivo, seja no processo de formação técnica e teórica. Uma pessoa muito importante para o Recife e primordial para que o Risco! seja o que é”, conclui a coordenadora-geral.

O Risco! é um grupo de desenho e performance que se reúne semanalmente em sessões de modelo vivo. É um coletivo aberto, que já passou por espaços públicos como o Mamam, Murillo la Greca e ateliês como Peligro, Sexto Andar, Nona e Pangeia. O Risco! atua de maneira independente desde 2012. Para participar dos encontros semanais, não é necessário pré-requisito técnico.

Programação:
27/04 (Sábado, 16h) – Abertura (com sessão aberta e debate com os participantes das oficinas)
04/05 (Sábado, 16h) – Ação aberta com Ianah Maia: pintura corporal com tintas naturais
11/05 (Sábado, 16h) – Ação aberta com Vi Brasil: Delírio coletivo, jogos para modelo vivo
18/05 (Sábado, 16h) – Ação aberta com Nathália Queiroz: Narrativas do corpo
25/05 (Sábado, 16h) – Encerramento com lançamento da publicação do projeto

Serviço:
Abertura da exposição Risco! Atelier Aberto: A Eduardo Souza (in memoriam)
Onde: Museu Murillo la Greca (R. Leonardo Bezerra Cavalcante, 366 – Parnamirim, Recife)
Quando: Sábado, 27 de abril, às 16h
Entrada gratuita

Foto: Nino Bomp.

Foto: Nino Bomp.

Sem mais artigos