A polícia britânica prendeu neste domingo Rebekah Brooks, a ex-editora do tablóide News Of The World, em Londres. Ela é acusada de ter autorizado os grampos telefônicos no escândalo que culminou com o fechamento do jornal.

Brooks deixou a posição de presidente-executiva do grupo News International, pertencente a Rupert Murdoch, na última sexta-feira após enfrentar pressão devido a seu suposto envolvimento com o escândalo de grampos telefônicos e compra de informações de policiais.

A polícia de Londres uma mulher de 43 anos, está detida, suspeita de envolvimento em corrupção e em conspiração para interceptar comunicações.

Segundo um porta-voz de Rebekah Brooks, ela “compareceu de forma voluntária a uma delegacia de Londres para ajudar com a investigação em curso”.

Ela é a décima pessoa a ser presa durante as investigações do escândalo envolvendo o jornal News of the World, que teve sua última edição publicada uma semana atrás.

Via BBC Brasil. Vídeo via EuroNews Portugal.

Foto via Guardian

Sem mais artigos