Foto: Reprodução/TocadaCotia.com.br.

Foto: Reprodução/TocadaCotia.com.br.

Logo depois do Carnaval, as estreias de filmes acontecerão nas quintas, em vez da tradicional sextas-feiras, como vem acontecendo há mais de 20 anos no Brasil. A decisão foi anunciada pela Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (). Segundo a entidade, com a nova data, filmes menores terão mais chance de público, pois terão um dia a mais de divulgação boca a boca.

Outra razão para a mudança tem razões econômicas. É que com o passar dos anos, a quinta-feira passou a fazer parte do final de semana, com diversas opções de shows e baladas em diversas capitais do País. O cinema agora pode se beneficiar desse momento. Além disso, com cada vez mais filmes entrando em circuito, a sexta-feira acaba “engarrafando” os lançamentos. Resultado: filas enormes nas salas em um único dia.

Alemão, com Cauã Raymond, será um dos primeiros nesse novo formato (Foto: Divulgação)

Alemão, com Cauã Raymond, será um dos primeiros nesse novo formato (Foto: Divulgação)

“Quinta é um dia já consagrado no hábito brasileiro como o primeiro dia de entretenimento fora de casa. E o cinema estava perdendo esse público ávido por diversão para outras opções de lazer”, disse ao site Filme B, o presidente da Feneec, Paulo Lui.

A decisão aconteceu depois de diversas negociações entre exibidores e distribuidores, que durou meses. Entre os primeiros que estrearão nesse novo formato estão Alemão, estrelado por Cauã Raymond, Refém da Paixão, com Kate Winslet e Need For Speed, da Disney, estrelado por Aaron Paul. Ainda precisará ser acertado o preço do ingresso da quinta, que era em geral mais barato que os dias do final de semana.

Outro benefício direto da mudança: agora grandes estreias mundiais de Hollywood passarão no Brasil um dia antes dos EUA, onde a estreia é na sexta. Isso dará um dia a mais para alavancar as bilheterias. Diversos países possuem estreias nas quintas, como Alemanha, Rússia e Argentina. [Via CineMarcado, Revista Exibidor]

Sem mais artigos