A nossa produção de HQs já foi bastante prolífica, principalmente das décadas de 1950 até 1980. Mas se por um lado o Brasil sempre produziu uma ampla variedade de quadrinhos eróticos, humorísticos e de terror, nosso país nunca teve uma grande tradição em se tratando do gênero super-heróis. Nesta matéria faremos um rápida lembrança dos personagens do gênero mais conhecidos do público. Clique para ler o texto completo. Por Alexandre Callari.

Sem mais artigos