A Big Champagne, empresa especializada em análise de mercado, informou que a segunda temporada de Game Of Thrones, é a série mais pirateada deste primeiro semestre. Até o final de abril, foram 2,5 milhões de downloads ilegais por dia. Ao todo, o acumulado já passa dos 25 milhões. Sucesso de audiência na TV e bastante repercutido na web, esses números nem chegam a surpreender.

No Brasil, a HBO fez exibições simultâneas com os EUA, o que ajudou a diminuir os downloads ilegais no País. O problema é que o pacote das TVs por assinatura com os canais HBO/Max ainda continua caro. Pelo jeito, a medida deu tão certo que o canal planeja fazer o mesmo com o quinto ano de True Blood.

Em entrevista ao site da Forbes, citado pelo jornal Público, John Robinson, analista sênior da Big Champagne, disse que grande parte da culpa dos downloads ilegais é da própria HBO. “Esta é claramente uma reação ao fato da série não estar disponível online em mais site nenhum”, diz. “É uma estratégia muito delicada tentar criar este tipo de escassez”.

No iTunes é possível comprar apenas a primeira temporada. Segundo a companhia, a HBO poderia diminuir a pirataria criando os seus próprios serviços on demand.

Especial Game Of Thrones
Quarto livro da série que inspirou Game Of Thrones frustra expectativas do leitor

Sem mais artigos