Morreu ontem o escritor britânico J.G. Ballard, de 78 anos, após anos lutando contra um câncer de próstata, segundo informou sua empresária, Margaret Hanbury. Ele é autor do clássico O Império do Sol, fruto de sua experiência num acampamento administrado pelo exército japonês durante a Segunda Guerra Mundial. O livro virou filme nas mãos de Steven Spielberg.

Outra obra conhecida é Crash – Estranhos Prazeres, que fala de um grupo com a estranha fixação sexual por acidentes de carro. O filme também ganhou as telas pelo polêmico diretor David Cronenberg, em 1996.

O autor ainda inspirou bandas como Joy Division e Klaxons, que utilizam referências tiradas de contos do autor.

Ballard nasceu em Xangai, na China, filho de pais britânicos. Emigrou para o Reino Unido em 1946 e entrou na Força Aérea em 1953, ano em que foi destacado para o Canadá. Foi a partir daí que iniciou sua predileção pela ficção científica. Seu último romance foi “O Reino do Amanhã”, de 2006.

Sem mais artigos