Esau Mwamwaya é bem mais que uma pronúncia complicada. Nome curioso da música pop, ele é do Malawi e faz um som electro-dançante sem tirar o pé de sua origem africana. Ao lado de outros destaques do chamado “afrikan pop”, que fascinaram descolados do mundo todo, o músico teve o acolhimento de produtores e artistas para se inflitrarem no circuito indie.

No caso de Esau, esse “aproach” foi o Radioclit. Juntos, eles lançaram um projeto que só agora que se oficializa. Batizada de The Very Best, a nova banda coloca na rede três músicas em alta definição (uma benção pros DJ’s) que estarão num futuro álbum ainda sem data definida. As MP3 já rodaram anteriormente em blogs gringos, como “Kamphopo”, mas só agora chegam a uma versão final.

Esau e o The Very Best vem ganhando destaque na imprensa musical: figuraram na seção Radar, de bandas novas da NME, capa da Fader, além da Stool Pigeon.

[audio:http://gvsbchris.com/01%20Kamphopo.mp3]
The Very Best | Kamphopo

[audio:http://gvsbchris.com/03%20Tengazako.mp3]
The Very Best | Tengazako

[audio:http://gvsbchris.com/getituptheverybestremix.mp3]
The Very Best | Get It Up (the very best remix)

Download

Sem mais artigos