Erykah Badu  (Foto: Divulgação)

Em novo álbum, diva da música negra americana mostra a sua versão da América
Por Gilberto Tenório

ERYKAH BADU
New Amerykah
[Motown, 2008]

New Amerykah é o sugestivo nome do mais novo álbum da cantora Erykah Badu. Assim como o título indica, o trabalho da norte-americana busca fundir vários gêneros musicais criando a sonoridade de uma ‘nova América’ – uma alusão a miscigenação cada vez mais intensa nos Estados Unidos. Flertando com o jazz, o soul e o hip hop, a cantora realiza mais um trabalho bem produzido e que conta com a participação de medalhões como Madlib, Mike ‘Chav’ Chavarria e Bilal.

“Honey”, primeiro single do CD, é um ótimo funk com pitadas setentistas onde a cantora desfila seu estilão cool. Em “The Healer”, a cantora dá um toque de sofisticação ao gangsta rap. Nas nove faixas restantes, o trabalho se mostra um disco coeso e de fácil audição.

New Amerykah é o primeiro álbum da artista após um intervalo de sete anos. Ela informou que este projeto será composto de duas partes – a segunda tem previsão de sair ainda este ano. Dona de uma voz segura e muita personalidade, Badu confirma com este novo disco que, ao lado de nomes como Lauryn Hill e Macy Gray, é um dos grandes nomes da música negra mundial.

NOTA: 8,0

Sem mais artigos