O racismo é algo violento que precisa ser constantemente exposto. E é essa inquietação que move o mais novo clipe de Emicida.

Emicida lançou o clipe de “Eminência Parda”, faixa que faz parte do seu novo disco, que deve sair ainda este ano. A faixa traz participação de Jé Santiago, Papillon e Dona Onete, que interpretou um trecho de “Canto dos Escravos”.

No clipe uma família sai para comemorar a formatura da filha de 19 anos em um restaurante caro. Ao chegarem eles são encarados pela clientela branca com olhares tortos, hostilidade até chegar ao ponto em que os demais clientes começam a protestar pela presença daquelas pessoas negras e felizes à mesa.

O clipe, dirigido por Leandro HBL, mostra o filtro de violência com que a sociedade enxerga os negros no Brasil. Enquanto a audiência nos mostra uma família feliz, as pessoas no restaurantes enxergam os integrantes no lugar em que o racismo os colocou: como engraxates, ladrões e até mesmo escravos.

O clipe é mais uma superprodução e mostra que o rapper é hoje o mais importante articulista estado atual das coisas no Brasil.

Sem mais artigos