“Libertação” revela a força do novo álbum de . Composta por Russo Passapusso, a música teve produção e execução musical da banda BaianaSystem, com participações da cantora Virgínia Rodrigues e da Orkestra Rumpilezz, do maestro Letieres Leite, autor do arranjo.

A sua capa foi feita por Felipe Cartaxo, artista responsável pela identidade visual do BaianaSystem.

O título Planeta Fome foi escolha pessoal de Elza Soares e faz uma religação do início de sua carreira com os dias de hoje. Ela ainda era aspirante a cantora quando foi ao programa “Calouros em Desfile”, na Rádio Tupi, apresentado por Ary Barroso. Ao vê-la vestida com trajes pobres, o compositor e radialista perguntou: “De que planeta você veio, minha filha?”. E ela respondeu: “Do mesmo planeta que o senhor, do planeta fome”.

São 11 faixas, entre inéditas e regravações. Planeta Fome foi produzido por Rafael Ramos e tocado por diversos músicos, entre eles Pupillo (bateria), Guilherme Monteiro (guitarra), Sidão Santos (baixo), Mestre Dalua (percussão), Marcos Suzano (percussão), Marlon Sette (arranjos de metais e trombone), e Felipe Pacheco (arranjo de cordas e violino). Será lançado dia 13 de setembro pela gravadora Deck em CD, vinil, cassete e nos aplicativos de música.

Sem mais artigos