craca

O produtor musical Felipe Julián, alterego Craca, propõe uma experiência audiovisual surrealista em novo projeto que mistura música eletrônica e video mapping em tempo real – projeções visuais simultâneas em diferentes planos e formas que se encaixam na arquitetura dos espaços. Ele conta com os vocais de Dani Nega, rapper que também assina várias músicas no disco de estreia que está sendo produzido.

As faixas tratarão de temas como feminismo, racismo e política. Para os olhos, Craca realiza projeções mapeadas com base em antigos desenhos animados, filmes sci-fi e documentários sobre a vida submersa de Jean Painleve – um dos pioneiros do documentarismo animal -, ao mesmo tempo que, para os ouvidos, as sincroniza com um híbrido eletrônico de genes brasileiros cruzados com beats de origem afro, candomblé, cúmbia e balcan beat. Esta mistura é chamada de cracabeat, conforme define o produtor, e é sempre tocada e produzida ao vivo.

craca2

Desde 2013 o músico já levou seu “cracabeat” a festivais culturais como a SIM São Paulo, Contato, Virada Cultural e festas como Voodoohop, Barulho.org e TrendBeats. Ouça algumas das faixas que estarão no disco, que deverá sair ainda este ano.

O lançamento do projeto será dia 22 de abril

22 de abril às 20h30 – sala Auditório
Sesc Vila Mariana – programação especial de Música&Tecnologia
R. Pelotas, 141 – Vila Mariana 04012-00
Ingressos de R$6 a R$20
Vendas online a partir de 12/04 e 13/04 nas unidades do Sesc:

Veja algumas músicas de Craca que dão uma ideia do que virá no disco.

Sem mais artigos