Criado há mais de 60 anos por Joe Kavalier e Sam Clay, o Escapista, herói mestre na arte da fuga, estreiou em algum momento entre o final da década de 30 e meados dos anos 40 na revista Amazing Midget Radio Comics #1 da extinta editora Empire Comics. Pelo menos, é o que o escritor Michael Chabon quer que você pense.

O lançamento de um novo volume da Devir foi anunciado nesta segunda (12) pelo blog de quadrinhos da Revista O Grito!.

Chabom, o renomado escritor do romance As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay (ed. Record) e vencedor do Prêmio Pullitzer de Ficção como melhor livro de 2000 por esta obra, apresenta um ótimo e claro exemplo de metalinguagem no álbum em quadrinhos As Incríveis Aventuras do Escapista, lançado este mês pela Devir. Por se tratar de uma metalinguagem a história do Escapista requer algum esforço para ser compreendida, mas nada fora do comum.

No romance As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay Chabon apresenta ao leitor dois personagens fictícios que tentam escapar de seus próprios problemas. O desenhista judeu tcheco Joe Kavalier que fugindo do exército nazista chegou aos EUA e o roteirista Sam Clay, também judeu, nascido no Brooklyn e que tenta lidar com sua homossexualidade enrustida e as limitações de um corpo combalido pelo pólio.

Juntos eles criam o Escapista, um herói que seria publicado pela Empire Comics em Amazing Midget Radio Comics #1. O herói dos quadrinhos é, na verdade, Tom Mayflower, sobrinho aleijado do artista de fugas Max Mayflower. Quando Max é baleado mortalmente em uma de suas apresentações ele dá a Tom uma chave dourada e um uniforme e lhe explica que foi recrutado anos atrás por uma misteriosa organização chamada Liga da Chave Dourada e que, por ela, deveria lutar contra a tirania e a opressão. Tom aceita os presentes do tio e assume a identidade de Escapista. Para seu espanto, usando o uniforme e a chave ele, não somente se vê curado de sua perna coxa, como também surpreende-se com a realização de incríveis feitos da arte da fuga. A partir de então ele usa seus “poderes” para lutar contra as forças do mal da misteriosa rede criminosa conhecida como Corrente de Ferro. Essa é a história do personagem dentro de As Incríveis Aventuras de Kavalier & Clay.

Para escrever o livro contando a história de Kavalier e Clay e do personagem criado por eles Chabon baseou-se em fatos na vida de famosos quadrinhistas que realmente viveram na época dos fictícios quadrinhistas, como Jack Kirby, Stan Lee, Jerry Siegel, Joe Shuster, Will Eisner e Joe Simon. Aliás, para a criação do próprio Escapista o autor valeu-se de elementos da vida do aclamado artista Jim Steranko, ele mesmo um incrível mestre da arte das fugas na vida real.

Sem mais artigos