O artista plástico Derlon ao lado de Fred Zero 04, do Mundo Livre S/A (Fotos: Clelio Tomaz / PCR)

Foi inaugurada nessa quinta (02), na Sala Nordeste, no Bairro do Recife, a exposição “A Fumaça do Pajé – O novo Mundo Livre”, um conjunto de ilustrações e desenhos do artista plástico Derlon, a partir da arte desenvolvida para o novo disco da banda Mundo Livre S/A.

A obra tem como inspiração o universo da biopirataria, do copyleft, da conectividade, da cibertecnologia e do meio ambiente, temas presentes em Novas Lendas da Etnia Toshi Babaa, disco mais recente da Mundo Livre S/A. As ilustrações do disco, com parte dos personagens da etnia Toshi Babaa, no entanto, não ficaram restritas ao encarte físico do CD. Dando asas à imaginação e com ajuda natural de seu talento, Derlon criou uma mitologia visual em cima do conceito do disco que se expandiu para imagens que podem ser vistas no site da banda e agora também na exposição.

A exposição, que fica em cartaz até o dia 29 de fevereiro, é produzida pela Nuvem Produções e conta com apoio do Ministério da Cultura, da Prefeitura do Recife, do Centro Cultural Banco do Nordeste e da Zero Neutro Produções.

Sem mais artigos