DEERHUNTER
Cryptograms
[Kranky, 2007]

Um álbum cheio de obstáculos, este segundo disco do Deerhunter provoca o ouvinte a perceber a beleza nas inúmeras camadas (ou barreiras) de sons contida em cada música. Calmo ou perturbador, na escala dos extremos, este Cryptograms foi feito para ouvintes que gostam de desafio. A banda de Atlanta, nos Estados Unidos, lançou as licenças para se apreciar o som instrumental, cheio de guitarras, com forte tendência para o noise, bem como para o lounge. Resta saber se você está preparado. Pra ficar confuso, escute “Octet-Stream” ou “Hazel St”. [Paulo Floro]

Pra quem gosta de: Sonic Youth, Ambient, dormir no tapete e Brian Eno.

NOTA: 8,0

Sem mais artigos