David Schürmann, diretor do famoso documentário sobre a vida da família velejante Schürmann, tem novos projetos: quer fazer um longa sobre a pequena Kat, a jovem marinheira adotada pela família, que embarcou em aventuras pelo planeta, adotada pelos Schürmann aos três anos. A pequena notável está presente no documentário, é de origem neozelandesa, fluente em inglês e português e navegou ao redor do mundo dos cinco aos oito anos e conheceu 19 países. Kat faleceu aos 13 anos, em maio de 2006, por complicações de uma pneumonia –e agora a história de sua vida ganhará as telas dos cinemas. As informações são do site G1, em São Paulo.

O cineasta pretender filmar Little Secrets (pequenos segredos), filme que contará a história de quatro mulheres e os segredos de cada uma delas. Fazem parte do roteiro a avó de Kat, sua mãe biológica, a mãe adotiva (Heloisa Schürmann) e ela própria. O longa será em inglês e deve ser uma co-produção com a Nova Zelândia, mas ainda está em fase inicial de captação de verbas.

Novos projetos – David Schürmann dirigirá também a adaptação do livro “Menino de Asas”, de Homero Homem – livro que fazia parte da “Coleção Vagalume” e pelo qual Schürmann, segundo conta, se apaixonou aos dez anos de idade. A história é de um cara no interior do Brasil que nasce com asas no lugar dos braços.

Sem mais artigos