O curta Muro, do diretor pernambucano Tião, foi selecionado para a Quinzena de Realizadores. O vídeo é o único brasileiro que integra a mostra paralela do Festival de Cannes, que, em sua 40ª edição, será realizado entre os dias 14 a 25 de maio.

Produzido pela produtora recifense Trincheira Filmes, o vídeo, de 16 minutos, foi gravado na comunidade da Vila de Conceição de Cima, distrito de Serra Talhada, sertão pernambucano. O elenco é encabeçado pelo ator José Humberto, de Serra Talhada, e a atriz recifense Inaê Veríssimo.

Muro, que originalmente se chamaria Muro das lamentações, é o segundo trabalho do cineasta Tião. O primeiro foi o curta Eisenstein (2006), produzido em três mãos, em parceria com Leonardo Lacca e Raul Luna. A produção foi vencedora do concurso de roteiro Ary Severo/Firmo Neto (Governo do Estado/Prefeitura do Recife) e recebeu recursos do Funcultura para finalização.

Tião concorre com Mes Copains, curta-metragem dirigido por Louis Garrel, ator de Amantes Constantes e Les Chansons D’Amour.

Veja abaixo a lista completa dos selecionados para a Mostra Quinzena de Realizadores e o cartaz da mostra.

null

LONGAS-METRAGENS:
Filme de abertura:

“Four nights with Anna” de Jerzy Skolimowski (França-Polônia)
“Acné” de Federico Veiroj (Uruguai)
“Aquele querido mês de agosto” de Miguel Gomes (Portugal)
“Boogie” de Radu Muntean (Romênia)
“Les bureaux de Dieu” de Claire Simon (França)
“El Cant dels ocells” (O canto dos pássaros) de Albert Serra (Espanha)
“De la guerre” de Bertrand Bonello (França)
“Dernier maquis” de Rabah Ameur-Zaïmeche (França-Argélia)
“Eldorado” de Bouli Lanners (Bélgica-França)
“Eleve libre” de Joachim Lafosse (Bélgica-França)
“Liverpool” de Lisandro Alonso (Argentina)
“Monsieur Morimoto” de Nicola Sornaga (França)
“Knitting” de Yin Lichuan (China)
“Now showing” de Raya Martin (Filipinas)
“The pleasure of being robbed” de Josh Safdie (EUA)
“Resto della notte” de Francesco Munzi (Itália)
“Salamandra” de Pablo Agüero (Argentina)
“Shultes” de Bakur Bakuradze (Rússia)
“Blind loves” de Juraj Lehotsky (Eslováquia)
“Lonely tune of Tehran” de Saman Salour (Irã)
“Tony Manero” de Pablo Larrain (Chile)
“Le voyage aux Pyrénées” de Jean-Marie e Arnaud Larrieu (França)

SESSÔES ESPECIAIS:
“40*15” de Olivier Jahan (França)
“Milestones” de Robert Kramer e John Douglas (EUA)
“Le genou d’Artémide” de Jean-Marie Straub (França)
“Itinéraire de Jean Bricard” de Jean-Marie Straub e Danièle Huillet (França)

CURTAS-METRAGENS:
“The acquaintances of a lonely John” de Benny Safdie (EUA)
“Mes copains” de Louis Garrel (França)
“Ciel éteint!” de F.J. Ossang (França)
“Je vous hais petites filles” de Yann González (França)
“Il fait beau dans la plus belle ville du monde” de Valérie Donzelli (França)
“Muro” de Tiao (Brasil)
“Kamel s’est suicidé six fois, son père est mort” de Soufiane Adel (França)
“MAN” de Myna Joseph (EUA)
“Summer afternoon” de Ho Wi-ding (Taiwan)
“Every day is not the same” de Martin Turk (Eslovênia)
“The tale of little Puppetboy” de

Sem mais artigos