Sem render muito em dez anos, última (e ousada) cartada do Album Leaf dá muito certo

THE ALBUM LEAF
A Chorus Of Storytellers
[Sub Pop, 2010]

Este 2010 parece ser o ano desta banda de Chicago, o Album Leaf. Desde que se mudaram para a prestigiada gravadora Sub Pop que eles são tidos como “promessas” sem, no entanto, explodirem dentro do cenário alternativo. Com este A Chorus Of Storytellers, o grupo comandado pelo one-man-band Jimmy LaValle mostrou que o gênero “post-rock” não faz mais muito sentido, uma vez que o pop é o denominador comum em quase tudo o que vem sendo feito no mundo indie.

Formado como um projeto de sua antiga banda, Tristeza, o Album Leaf acabou se tornando a principal preocupação de LaValle. Até agora, seu maior feito tinha sido – veja só – incluir músicas na trilha do seriado adolescente O.C. Agora, vemos boas ideias neste novo lançamento, como as baladas ainda mais tristes e as intervenções com música eletrônica usadas apenas como detalhes.

Algumas faixas, como “Falling From The Sun”, assemelham o grupo com o Death Cab For Cutie (nos registros mais recentes), com um rock meloso. Mas dá pra passar fácil e ir direto às atmosferas mais barra pesada do disco. Grande parte por culpa de Birgir Jón “Biggi” Birgisson, do Sigur Rós, que, como todos sabem, são mestres na arte de criar trilhas doloridas.

Depois de mais de dez anos na batalha por um lugar relevante no cenário musical, LaValle fez muito bem em apostar no ousado e no arriscado, como se não tivesse mais o que perder. O ano começa bem.

NOTA: 8,5

Sem mais artigos