PURA DISTRAÇÃO
No novo livro de Santiago Nazarian, o fantasmagórico não foge à nossa realidade

Por Fernando de Albuquerque
Da Revista O Grito!

Quem nunca ouviu falar num serial Killer? Quem nunca conheceu alguma história bizarra de crianças que perdem a inocência? Ou mesmo sabe de relatos não muito bem sucedidos da mistura de sexo e violência. Pornô Fantasma, coletânea de contos de Santiago Nazarian mantém a linearidade dos romances anteriores do escritor.

Leia Mais _ Santiago Nazarian
Dos Arquivos: Santiago Nazarian

Neste livro, que toma nome de empréstimo de um dos contos, sexo e morte – os temas clichês de toooooodo filme trash de terror – dividem as páginas para 14 contos de Nazarian. Uma cidade fantasma, um navio perdido, um grupo de jovens que não sabem o perigo que correm ao acampar em local longe da cidade ou mesmo dois jovens que estão prestes a serem engolidos por uma cobra gigante são os principais medos elencados por Nazarian.

Além disso, o autor faz fortes referências com outras obras como no conto “Natrix natrix” e “Todas as cabeças no chão, menos a minha!” em que nos leva a passear pelas histórias construídas pelos irmãos Grimm, mantendo o mesmo formato de fábula. Já em “O Velho e o Mato”, Lars Von Trier é quem marca presença, pois Nazarian nos leva ao lado mais sombrio da natureza. Em “Trepadeira” e “Marshmallow queimado”, o tom de terror vai até a última ponta.

Em todos eles o tom de sobrenatural é a tônica, mas prevalece um universo fantasmagórico que não foge de nossa própria realidade e não inviabiliza os acontecimentos. E por isso se torna distração da mais vívida. É diversão pura, para ser lida “antes de dormir”, como o próprio autor sugere.
PORNOFANTASMA
Santiago Nazarian
[320 págs, Editora Record, R$ 44,90]

NOTA: 7,0

Sem mais artigos