Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Moon e Bá dão nova dimensão a Dois Irmãos, complexo drama familiar de Milton Hatoum

Os quadrinistas Fábio Moon e Gabriel Bá toparam um grande desafio: adaptar um dos mais importantes livros da literatura brasileira recente, Dois Irmãos, de Milton Hatoum. Lançado há 15 anos, a obra é um épico familiar sobre uma família tradicional de Manaus. A HQ, assim como a obra de Hatoum, desnuda ao público um Brasil pouco conhecido, com cores e sensações distantes de grande parte do leitor.

Leia Mais
Bone e a trajetória do herói
Lavagem de Shiko traz horror ao mangue
HQ nacional Gata Garota conquista pelo carisma
HQ Medeia traz estética ousada e experimentação
O Aguardado mistura literatura fantástica e sátira política

O drama familiar criado por Hatoum nos apresenta os irmãos gêmeos Yaqub e Halim, filhos de um casal de imigrantes libaneses, que sempre viveram como luz e sombra desde que eram bem pequenos. A história é complexa e atravessa diversas gerações, tendo como pano de fundo acontecimentos importantes da história brasileira.

A densidade da obra de Hatoum foi contornada com maestria por Moon e Bá, quadrinistas acostumados a retratar a vida privada brasileira e cujo traço traz um equilíbrio entre o detalhismo quase contemplativo e o minimalismo. Na HQ, os autores precisaram explicitar muito do que no livro é apenas sugerido, como a relação quase incestuosa da mãe, Zara, pelo filho mais novo e a distância que o pai, Salim, nutria por ambos. Outras nuances também foram desnudadas através da narrativa em quadrinhos, entre elas o complexo jogo de poder na casa da família.

O nível de detalhismo de Moon e Bá é incrível. (Divulgação).

O nível de detalhismo de Moon e Bá é incrível. (Divulgação).

Isto é importante para criar uma rápida relação do leitor com todos aqueles personagens e provoca uma imersão quase imediata naquele universo imaginado por Hatoum. A arquitetura de Manaus, a natureza e o incrível detalhismo dos ambientes internos fazem desta obra uma das mais importantes de Moon e Bá até aqui, sobretudo no apuro técnico. A proposta de Dois Irmãos casou bem com a estética dos quadrinistas irmãos, conhecidos pela subjetividade e pelo modo como conseguem transpor emoções e sentimentos em quadros e balões.

A obra levou quatro anos para ficar pronta e é parte de um esforço editorial grande por parte da Companhia das Letras. O livro já teve edição na França e será lançada nos EUA em outubro. Outra característica interessante é o fato desta ser uma adaptação literária de um autor vivo. Passada a febre das adaptações literárias de clássicos em domínio público, chegamos a propostas editoriais mais ousados. É um avanço.

doisDOIS IRMÃOS
De Fábio Moon e Gabriel Bá (texto e arte)
[Quadrinhos na Cia/Companhia das Letras, 232 págs, R$ 39,90 / 2015]

8,5

asd

dois-irmaos

Sem mais artigos