DE VOLTA DO REHAB
Rapper lança álbum mais vendido, mas parece que crise anterior ainda repercute

Por Fernando de Albuquerque
Editor da Revista O Grito!, no Recife

Pá-pum. Mal lançou seu novo álbum Recovery, o rapper Eminem viu seu disco vender 741 mil cópias só na primeira semana nos Estados Unidos. Essa é a melhor marca da indústria fonográfica para esse ano. E fez com que o disco estreasse já na primeira posição da parada americana. As vendas superam o segundo colocado em mais 200 mil cópias, e ultrapassou a marca do último disco de Eminem, Relapse (do ano passado), que vendeu 608 mil cópias em sua primeira semana. O novo disco simboliza sua recuperação das drogras e apresenta 16 músicas e participação especial de Rihanna, Lil Wayne, Pink, Dr. Dre, Just Blaze, e a lista vai longe.

O sucesso desse disco talvez esteja no próprio exorcismo de fantasmas interiores. Falar do próprio umbigo sempre foi uma boa receita para composição musical do cantor e isso se torna ainda mais latente se formos pensar no nicho de público a que o rapper se dedica. O que mais salta aos olhos nesse novo disco é a presença de artistas convidados já que boa parte de seu nome se fez convidando seus rivais para briga.

O disco abre com “Cold Wind Blows”, um verdadeiro discurso inflamado e bem carregado, típico de artistas como Eminem. “Not Afraid” e “Cinderella Man” são verdadeiros candidatos a hits. Daqueles que grudam na mente e que dá vontade de colocar no repeat. O que é de estranhar é a presença de Lil Wayne em “No Love”. A música começa de um jeito um tanto estranho, mas acaba por recair naquilo que Eminem sempre foi. E essas músicas dão a principal característica de que o artista passa por um momento silencioso.

Mas apesar de correto em certos pontos, o disco é morno e arrastado. O músico sabia que estava em crise e mesmo com tanta gente para ajudá-lo, parece não ter adiantado. Em alguns momentos ele lança mão de samples divertidos que nos remete à Black Sabbath, mas parece que nada faz o disco esquentar e entrar de vez no inconsciente.

EMINEM
Recovery
[Interscope/Shady, 2010]

NOTA: 5,0

Not Afraid

Sem mais artigos