VAMPIRO À BRASILEIRA
HQ com histórias de Drácula traz ótima oportunidade de descobrir o trabalho de Rodolfo Zalla

Por Paulo Floro

dracula_rodolfo_zallaA Kalaco vem sendo responsável por recuperar diversas HQs clássicas brasileiras. Agora, uma parceria com a Zarabatana Books vem conferindo uma boa distribuição a essa proposta. É o caso deste Drácula, por Rodolfo Zalla, que chegou às lojas no final de 2012. O álbum traz oito histórias do famoso vampiro publicadas no Brasil entre 1983 e 1993.

Zalla ficou conhecido como o “Mestre do Terror” nas HQs brasileiras e publicou diversos trabalhos na revista de mesmo nome, da qual era editor. A publicação foi a mais longeva do gênero do País e estava desconhecida dos leitores, já que exemplares são vendidos a preços altos a colecionadores. Este livro de Drácula recupera um material que tem um valor histórico para as HQs brasileiras.

Além da bom roteiro que mescla humor e erotismo pulp típico dos anos 80, ajuda a compreender um período editorial bastante peculiar. Era uma época muito diferente de hoje, com menos recursos, mas com uma produção profícua de profissionais brasileiros. São oito histórias neste livro, todas tendo Drácula como foco.

Zalla mostra criatividade ao criar diversos tipos de narrativa para contar histórias de terror com o vampiro. “Terror… Também é Cultura!” é contado em forma de documentário ao falar de Vlad Tepes III, tido como o Drácula histórico que viveu na Idade Média e que inspirou o escritor Bram Stoker. Há uma busca por uma diagramação ousada em “O Grito de Uma Sombra”. Já “Destinos Cruzados” mostra o vampiro apaixonado por uma cega que vive isolada em um farol.

O livro ainda traz a história “Vampiro de Cera”, que foi escrita por Rubens Francisco Lucchetti, e foi a primeira história de Drácula escrita por Rodolfo Zalla.

Zalla, o terror pioneiro
Rodolfo Zalla nasceu na Argentina em 1930 e iniciou sua carreira por lá em 1953. Mudou-se para o Brasil em 1963, onde radicou-se. Ao lado de Eugênio Colonnese (1929 – 2008) , fundou a editora Estúdio D-Arte, que lançou as revista Mestres do Terror e Calafrio no mercado brasileiro.

Além dessas duas publicações importantes para os quadrinhos brasileiros, Zalla ainda ficou conhecido pelo seu trabalho com o personagem Zorro, para a editora Abril. Ainda em atividade, Zalla lançou em 2010 um álbum sobre o médium Chico Xavier. O desenhista Márcio Baraldi anunciou no ano passado um documentário sobre a vida do autor, Ao Mestre Com Carinho.

A chegada destas histórias de Drácula às livrarias é uma ótima oportunidade para conhecer (ou reencontrar) o estilo de Zalla, que consegue imprimir bastante expressão em seus personagens e também ousar na narrativa de terror.

Dracula

DRÁCULA POR RODOLFO ZALLA
Rodolfo Zalla (texto e arte), Rubens Francisco Luchhetti (texto)
Editora: Zarabatana / Kalaco Editorial, 2012
128 páginas p&b em lombada quadrada
Preço: R$ 39 [Compre]

Nota: 8,0

Sem mais artigos