Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Of Montreal lança novo exercício de experimentação com Aureate Gloom

Dentro da opera glam que faz a banda-de-um-homem-só Kevin Barnes, o disco Aureate Gloom é mais um exercício psicodélico, rebuscado e opulento, trazendo ao rock camadas mais complexas, nem sempre com êxito, mas sempre instigante de se acompanhar.

Com sua atitude quase maníaca, Barnes tornou-se uma espécie de aríete nas convenções musicais. Mas este seu novo trabalho está longe de ser sua obra mais esquisita. Em vez disso ele entregou algo mais agressivo que o normal em propostas que tentam desesperadamente fugir de uma lógica.

Há diversos bons momentos durante todo o disco, como Aluminium Crown” e seus ecos post-punk e a setentista “Estocadas”. Para quem já está afeito ao estilo de Barnes de buscar novos caminhos, o disco é interessante. Para quem chegou por aqui agora, vai perceber que a música pop já conta com propostas inovadoras mais bem resolvidas.

montreal-2015OF MONTREAL
Aureate Gloom
[Polyvinyl, 2015]

7,0

Sem mais artigos