Divulgação.

Divulgação.

Cantora australiana Courtney Barnett lança disco rock cheio de sarcasmo

A cantora australiana Courtney Barnett fez desta sua estreia um dos trabalhos mais interessantes do rock este ano. Em um momento em que o gênero vive entre a apatia e o radicalismo estético, a cantora traz um frescor com uma visão bem resolvida do gênero. Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit consegue cravar momentos reflexivos e pessoais com uma pegada punk e arranjos quase lacônicos de tão precisos.

Por esse seu olhar visceral e pé no chão do rock, a cantora mostra um domínio da arte de transformar o universo mundano em um produto irresistível. E as crises existenciais, que já renderam lombras egocêntricas clássicas, aqui se transformam em peças divertidas de sarcasmo. É o caso de “Pedestrian At Best”, uma das melhores do disco. Quando senta e não faz nada e quando senta e pensa, Barnett sempre traz alguma faixa com personalidade.

Nem sempre brilhante, o disco coloca Barnett na turma célebre de compositores que usaram experiências pessoais para criar trabalhos de vigor como PJ Harvey e Kurt Cobain. [FA]

courtneyCOURTNEY BARNETT
Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit
[House Anxiety / Marathon Artists, 2015]

8,0

Sem mais artigos