Crítica-Disco: Camila Cabello e a busca por um pop com sabor próprio
NOTA8

O primeiro disco solo da cubana naturalizada americana Camila Cabello é uma obra pop bem orquestrada e com a interpretação de uma artista carismática e que, já na estreia, mostra uma busca acirrada por uma assinatura própria. Do hit “Havana” à balada “Never Be The Same”, o disco traz muitas outras surpresas que servem para comprovar o talento de Camila.

Talvez no futuro poucos se lembrem, mas Camila Cabello fez parte do Fifth Harmony, uma das girl-bands de maior sucesso dos anos 2010 e abandonou o grupo em meio a um desgaste seu com as integrantes que envolveu o público e imprensa. Mais talentosa vocalista da trupe, ela só agora pôde destacar sua personalidade e explorar o seu background latino em sua música.

O reggaeton pode ser percebido nas ótimas “She Loves Control” e “Inside Out”, enquanto que “Consequences” mostra uma vocalista com bom controle de seu próprio alcance sonoro trazendo uma balada sem aquele apelo clichê melodramático. O mesmo pode ser dito de “Real Friends”, que cria uma bela base acústica com toques de eletrônica para mais uma música lenta e delicada.

Distante do pop manufaturado de seu antigo grupo, Camila conseguiu chamar atenção para seu pop com toques de salsa, influências caribenhas, guitarras espanholas e algum reggaeton. O seu disco de estreia é bastante meticuloso, com uma necessidade muito urgente de buscar uma personalidade e proposta artística, marcando assim um recomeço claro para a a cantora.

Ainda assim, conseguimos encontrar um sabor distinto nesse disco que chega cercado de expectativas. Ainda que seja um trabalho pop tradicional no sentido que é hiper-produzido, com um gigantesco time de produtores e compositores, temos aqui uma tentativa de autoralidade que é raro na indústria pop. Prova disso é que todas as faixas são coassinadas por Camila Cabello, uma prova de que ela quer marcar posição. Vindo de uma jovem cantora de 20 anos, imersa na máquina capitalista da música pop, isso é algo a celebrar.

Camila é muito embalado pelo sucesso de “Havana”, faixa que segue como uma das faixas mais ouvidas no Top da Billboard mesmo após ter sido lançada há meses, mas há muitos outros bons momentos. Está sendo ótimo redescobrir Camila Cabello, uma grata novidade no pop que merece acompanhada de perto.

Sem mais artigos