Disco solo de Dan Le Sac revela gosto apurado pelo pop

Em seu primeiro disco solo, dan le sac (agora sem o Scroobius Pip), chega bem pop com uma proposta bem azeitada de fundir elementos de música eletrônica, rock e hip hop. O destaque aqui são as participações, como Emmy The Great, Merz, Sarah Williams White, Joshua Idehen, novidades para muitos ouvintes e que dão um ar classudo à produção de le sac (nome de guerra do produtor e DJ Daniel Stephens).

Na biblioteca de samples utilizados temos desde Shirley Bassey, passando por Arab Strap, além de momentos de psicodelia sessentista. Há espaço para algo mais pesado, como “Reprisals”, mas o tom elegante é que marca o disco, como “Memorials”, com Emmy The Great e “Long Night Of Life”, com participação do cantor cult folk, Merz. Ainda que esteja distante dos momentos célebres da dupla, entre eles, Angles (2008), este disco solo de dan le sac é uma das melhores surpresas do ano, e com certeza renderá faixas que funcionarão bem nos shows do duo.

Mas, é um projeto um tanto intimista que funciona como prova do olhar criativo que Stephens tem da música pop de todas as décadas. [Paulo Floro]

DAN LE SAC
Space Between The Words
[Sunday Best, 2012]

Nota: 8,0

Sem mais artigos