Beach-Fossils

Novo do Beach Fossils reflete bom momento da cena indie de NY

E a cena independente de Nova York torna-se o grande destaque de 2012 até agora. Clash The Truth é o segundo trabalho do grupo, que começou como um projeto solo de Dustin Payseur. Com produção de Ben Greenberg, do The Men, o álbum apreende tudo o que o post-rock gerou de bom, mistura com bons arranjos de guitarra, e como parece ser a vibe do momento, traz referências à arte de vanguarda.

Ainda que não seja um disco conceitual, é um trabalho para ser apreciado como uma obra completa, sem uma ou outra faixa de destaque. O cuidado na produção, com vinhetas estratégicas, e bom equilíbrio de baladas e momentos mais enérgicos, tornou a audição muito fluida. Clash The Truth é representativo para o atual momento da cena novaiorquina, com artistas cada vez mais integrados e multimídia.

A capa deste Clash The Truth foi assinada pelo videoartista Peter Campus. Ainda participam deste trabalho nomes talentosos da geração atual, como Kazu Makino, do Blonde RedHead.

Peter-Campus1small1-720x720BEACH FOSSILS
Clash The Truth
[Captured Tracks, 2013]
Compre: US$ 15 (importado)

Nota: 8,3

Sem mais artigos