Foto: Jody Rogac/Divulgação

Foto: Jody Rogac/Divulgação

PSICANÁLISE VIA R&B
Em álbum conceitual Autre Ne Veut tenta descrever sentimento do mundo atual, cheio de ansiedade e paranóia

Por Paulo Floro

Inovação é assumir riscos. E isso, o Autre Ne Veut fez bem, e neste segundo disco conseguiu chamar atenção para um trabalho que tem consegue ainda fazer relação com o estado das coisas do mundo contemporâneo e também encontrar a cena de artes visuais de Nova York. Anxiety é um R&B filosófico com pitadas de pessimismo embalado com toque de revival dos 80.

Leia Mais: Autre Ne Veut
A videoinstalação de “Play By Play”
Autre Ne Veut entre as melhores faixas de fevereiro

Formado por Arthur Ashin, artista de 30 anos natural do Brooklyn, celeiro mais criativo de Nova York para as mais diversas artes (de lá saiu o Beach Fossils, que também acaba de lançar disco). Buscando aproveitar essa retomada do gênero R&B no cenário pop, ele adicionou elementos conceituais para falar sobre um mundo fragmentado, representado por telas de todo tipo. Telas que ao mesmo tempo aprisionam e são janelas para um mundo apressado e instantâneo.

Esse desejo de comentar o atual momento histórico foi desejo de muitos artistas ao longo do tempo, mas poucos conseguiram ser relevantes e coerentes ao compreender algo com uma perspectiva tão próxima. Ao longo do disco, Ashin vai cantando em falsetes à la Prince sobre a ansiedade que parece marcar essa década. É como se o artista estivesse fazendo uma terapia em forma de álbum, ali, com os ouvintes. Algumas partes chegam a exagerar no tom “dramático”, mas musicalmente o disco flui bem.

Cada faixa, em separado, contém uma catarse própria, o que comprova o talento do músico em passar sua opinião ao mesmo tempo em que busca novos caminhos nos gêneros musicais em que se aventura. A dançante “I Wanna Dance With Somebody”, “Gonna Die” e ótima faixa de abertura “Play By Play” são destaques.

Quem viajar no conceito artístico de Ashin e quiser conhecer a fundo seu projeto de arte que vai além desse disco, é bom conhecer o videoclipe de “Play By Play”, que traz imagens que representam a paranoia e a frustração do artista com seu próprio tempo. Anxiety é daqueles discos que ganham relevância com o passar dos anos, tornando-se clássicos quando todos se tocam – tarde demais – do quão originais eles foram na época de lançamento.

autreAUTRE NE VEUT
Anxiety
[Software, 2013]

Nota: 9,0

Sem mais artigos