O músico Craca lança o videoclipe “Cefalópode”, uma animação criada pelo artista visual e grafiteiro Bruno Nobru. A faixa é o segundo single do seu disco solo, Traquitana Audiovisual, que sai dia 3 de maio.

O vídeo traz um mergulho em um oceano escuro, onde elementos da presença e interferência humana buscam alguma simbiose com o habitat local.
As imagens são de Bruno Bayeux, reconhecidas em muros pela cidade e em outras plataformas.

“O videoclipe vai da superfície às profundezas em busca do gigantesco cefalópode (termo científico para seres que tem tentáculos nas cabeças). Algo distópico, o vídeo é livremente inspirado no livro “Despertar” da escritora americana Octavia Butler, uma das mais importantes autoras negras de ficção científica”, diz Craca. “Neste livro, Lilith é prisioneira de cefalópodes humanóides que a preparam para liderar a recolonização da Terra após sua destruição pelos próprios seres humanos”, conta.

Craca é o pseudônimo de Felipe Julián. Ele é conhecido pela dupla Craca e Dani Nega, com dois álbuns lançados (Dispositivo Tralha, e o recente O Desmanche).

Sem mais artigos