A ex de Court Cobain está em maus lençóis. Depois de ter as cinzas do seu marido roubadas,  Courtney Love está com fama na mídia de “caloteira”. A cantora está sendo processada por não ter feito um pagamento à administradora financeira London & Co. Ela deve o equivalente a 5% dos lucros obtidos com a venda dos direitos de parte do catálogo de músicas do Nirvana. Não existem números exatos, mas acredita-se que a viúva de Kurt Cobain tenha recebido US$19,5 milhões (cerca de R$30,8 mi) pela venda.

Os problemas nao acabam por ai. Recentemente Courtney declararou que Ryan Adams, seu ex-namorado, teria roubado US$858 mil de sua filha. A briga é virtual, através do My Space, com recados abertos e declarações maldosas da cantora sobre seu ex.

Sobre o roubo, Love explicou que o descobriu após olhar as dívidas dos vinte e nove cartões da American Express que “nem sabia que existiam”. Ela alega que Adams roubou alguns em 2003, mas que só percebeu agora, ao ver seus débitos da conta de sua filha.

A London & Co está pedindo U$$975 (cerca de R$1,54 mi) por serviços prestados e gastos com advogados.

Sem mais artigos